Durante três dias o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, será palco da maior feira comercial da aviação latino-americana — a Labace 2017. Promovida... Labace 2017: Vem aí o maior evento comercial da aviação brasileira

Durante três dias o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, será palco da maior feira comercial da aviação latino-americana — a Labace 2017. Promovida pela ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral), a Labace vai reunir no antigo Hangar da VASP 45 aeronaves e produtos e serviços providos por mais de 130 empresas.

A expectativa da ABAG é a de que ao menos 9 mil pessoas passem pelos stands. Apesar da crise que assola o País, o exposição deste ano será o maior da já longa história desse evento, que se tornou uma tradição no mercado de aviação civil.

Desde que começou a ser realizada, a feira já recebeu um público de quase 135 mil pessoas, formado, em sua maior parte, por representantes  da indústria da aviação civil, proprietários de aeronaves, diretores de companhias do segmento e pilotos.

Para participar, os expositores investiram entre R$ 1.130,00 e R$ 2.100,00 por m² de área de stand, mais taxas. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 430,00.

EMBRAER

Legacy 650: mais de 7 mil km de autonomia

O maior expositor, a EMBRAER, vai participar com dois modelos da família Phenom e dois Legacy. O Phenom 100 compõe hoje a maior frota de jatos executivos do País, com 93 unidades em operação. A aeronave tem autonomia para voar 2182 kms a 750 km/hora, podendo ir de São Paulo a Fortaleza sem a necessidade de escalas técnicas.

A sofisticada cabine do Phenom 300

O Phenom 300 é o jato comercial mais vendido do planeta. Sua cabine acomoda de 8 a 11 passageiros, com operação single pilot. A aeronave atinge velocidade de 839 km/h e tem autonomia de 3.650 kms.

O Legacy 500, de porte médio, é o o único jato em sua categoria com comando digital fly-by-wire, tecnologia que até seu advento estava restrita a aviões muito mais caros ou de emprego militar. Sua autonomia de  5.788 km permite chegar a qualquer ponto da América do Sul, a partir de São Paulo, ou var para os EUA ou Europa com apenas uma escala para reabastecimento. Ele opera em pistas  extremamente curtas, como a de Angra dos Reis, com oito a doze passageiro a bordo.

O Legacy 450 tem autonomia para voar 5.371 km transportando 9 passageiros com teto de serviço  de 45 mil pés. Recentemente, o jato estabeleceu um recorde de velocidade em um voo entre a Califórnia e Havaí, de acordo com a NAA, associação aeronáutica dos Estados Unidos. O voo de volta para San Francisco durou 4 horas e 27 minutos e teve velocidade máxima de 987 km/h.

O Legacy 650E é um jato executivo clássico da categoria “large”.  Tem a maior cabine da categoria e pode viar  7.222 km. A EMBRAER oferece aos operadores desse modelo 10 anos ou 10 mil horas de voo de garantia.

Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe também o Blog do Pannunzio